19°C 28°C
São Paulo, SP
Publicidade

Proposta suspende adicionais nas contas de água e luz nos casos de emergência ou calamidade pública

Cleia Viana/Câmara dos Deputados Delgado: objetivo é coibir abusos em situações de extrema vulnerabilidade O Projeto de Lei 124/22 suspende o lan...

04/03/2022 às 11h12
Por: Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:
Delgado: objetivo é coibir abusos em situações de extrema vulnerabilidade - (Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)
Delgado: objetivo é coibir abusos em situações de extrema vulnerabilidade - (Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)

O Projeto de Lei 124/22 suspende o lançamento de cobranças adicionais nas contas de água e luz na vigência de decreto de situação de emergência ou estado de calamidade pública. O texto está em análise na Câmara dos Deputados.

Conforme a proposta, a medida terá prazo definido, abrangendo as unidades consumidoras localizadas em áreas atingidas por eventos adversos, naturais ou provocados, que tenham causando danos humanos, materiais ou ambientais.

Continua após a publicidade

A suspensão valerá para taxas, bandeiras tarifárias e qualquer adicional sobre o consumo de água e luz. Ficarão de fora a contribuição para custeio da iluminação pública; os juros de mora; a correção monetária por atraso; e a multa contratual.

“Neste início de 2022, quando eventos climáticos severos resultaram em destruição e prejuízos devido ao volume assustador de chuvas, houve a cobrança da taxa de escassez hídrica na conta de energia elétrica, um verdadeiro deboche ao cidadão”, disse o autor da proposta, deputado Júlio Delgado (PSB-MG).

“As cobranças de valores adicionais sobre serviços essenciais mostram-se injustas quanto tratam desiguais de forma igual, e este projeto de lei busca proporcionar equidade e justiça, coibindo abusos em situações de extrema vulnerabilidade em ocorrência de desastres de grande proporção”, continuou o parlamentar.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Desenvolvimento Urbano; de Minas e Energia; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Continua após a publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
São Paulo, SP
28°
Parcialmente nublado

Mín. 19° Máx. 28°

30° Sensação
8.05km/h Vento
63% Umidade
96% (7.21mm) Chance de chuva
05h58 Nascer do sol
06h42 Pôr do sol
Sex 30° 19°
Sáb 27° 20°
Dom 29° 21°
Seg 27° 20°
Ter 30° 21°
Atualizado às 16h14
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 4,96 +0,60%
Euro
R$ 5,37 +0,68%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,37%
Bitcoin
R$ 273,076,09 +1,26%
Ibovespa
130,182,76 pts 0.12%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade