Quinta, 26 de Maio de 2022
15°

Alguma nebulosidade

São Paulo - SP

Saúde Saúde

6 coisas para organizar antes de engravidar

ocê já pensou muito sobre o assunto e decidiu que está na hora de ter um bebê.

27/04/2022 às 03h54
Por: Redação Fonte: Artigo escrito pela Agência WSI Digital Marketing
Compartilhe:

Você já pensou muito sobre o assunto e decidiu que está na hora de ter um bebê. Agora que a decisão está tomada, é importante ter em mente que algumas questões precisam ser organizadas na sua vida antes de engravidar. 

Ter um filho é uma decisão muito séria, mas com o planejamento e a organização em dia antes de engravidar, a experiência da gestação será mais tranquila para você, seu parceiro e seu bebê.

Confira algumas atitudes que você deve tomar antes mesmo de começar as tentativas de gravidez.

Veja também: O que diminui as chances de engravidar?

 6. Ir ao médico

Para os homens, o ideal é procurar um clínico geral e conferir se os exames estão em dia. Vale buscar o histórico familiar e ter certeza de que a saúde do futuro papai é a melhor possível.

As mulheres podem procurar um ginecologista de confiança que, futuramente, poderá ser até mesmo o responsável pelo seu acompanhamento durante a gravidez. É importante fazer uma avaliação completa, não apenas nos órgãos reprodutivos.

Durante a consulta, o médico pode buscar informações como:

  • Histórico médico da paciente e do familiar;
  • Carteira de vacinação;
  • Medicamentos e suplementações utilizados;
  • Estilo de vida e alimentação;
  • Exames gerais; e
  • Uso de drogas recreativas, consumo regular de bebidas alcoólicas e cigarro.

Dependendo das informações coletadas, é possível que o ginecologista encaminhe a paciente para um médico especialista para cuidar de pontos específicos da saúde da mulher.

Além disso, os exames iniciais do pré-natal serão sugeridos assim que o desejo de gravidez for mencionado pela paciente. Esses exames checam questões que podem evitar malformações no bebê. São verificadas questões como doenças sexualmente transmissíveis, imunidade prévia a doenças infantis, entre outras.

5. Praticar exercícios físicos

Antes de engravidar, a prática de exercícios físicos é fundamental. Preparar seu corpo para a gravidez é também oferecer mais saúde ao ambiente em que seu filho viverá por nove meses. É importante buscar um profissional para a correta orientação dos exercícios físicos que fortalecerão seu corpo e te ajudarão até mesmo a lidar melhor com os desconfortos que a gravidez traz.

4. Estar com um bom plano de saúde

Se você pretende realizar os tratamentos da gravidez em uma rede particular de hospitais, ter um bom plano de saúde de acordo com as suas necessidades faz toda a diferença. Informe-se sobre o tipo de cobertura oferecido pelo seu plano médico e sobre as opções de reembolso, caso seja necessário ir a um médico que não está dentro da sua cobertura.

Se, durante o processo de tentativa de gravidez, você notar que vai precisar de um tratamento de reprodução humana assistida, o plano de saúde ideal também terá um papel fundamental para que seu desejo de ser mãe seja mais tranquilo.

Fique ligada também nos prazos: em alguns casos de contratações de novos planos de saúde, é necessário cumprir uma carência de pelo menos dez meses antes de engravidar para poder contar com os benefícios do convênio médico.

3. Deixar as finanças em dia

Ter sua vida financeira organizada antes de engravidar é mais do que fundamental. Uma criança gera muitos gastos para os pais, principalmente ao longo dos primeiros meses de vida. Por isso, é importante ter uma planilha de toda a sua vida financeira, assim como uma reserva para a chegada do bebê.

Além disso, tenha em mente que será possível ter gastos com o hospital responsável pelo parto, além de colocar na ponta do lápis se é possível arcar com as despesas de um filho.

2. Insira ácido fólico na dieta

Seja através da suplementação ou do consumo de alimentos, é importante que antes de engravidar a mãe comece a inserir o ácido fólico em sua dieta. Trata-se de uma vitamina do complexo B fundamental para o correto fechamento do tubo neural do bebê, que acontece nos estágios iniciais da gravidez.

1. Saúde mental

O corpo da mulher muda muito durante a gestação e os hormônios ficam cada vez mais evidentes no seu comportamento. Ter a saúde mental em dia, seja com uso de medicamentos indicados por psiquiatras ou terapia, faz parte do processo de uma gravidez mais tranquila para a mãe e para o bebê.

Cuidar da saúde mental antes de engravidar também evita o surgimento de depressão pós-parto e uma maternidade saudável.

A maternidade é uma experiência enriquecedora e que fica ainda melhor quando alguns cuidados como esses são tomados antes de engravidar.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
São Paulo - SP Atualizado às 05h38 - Fonte: ClimaTempo
15°
Alguma nebulosidade

Mín. 13° Máx. 26°

Sex 27°C 14°C
Sáb 28°C 14°C
Dom 29°C 16°C
Seg 25°C 17°C
Ter 23°C 16°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes