Quarta, 01 de Dezembro de 2021
20°

Muitas nuvens

São Paulo - SP

Geral Geral

Na falta de energia meu sistema solar continua gerando energia?

Para entender o que acontece com um sistema solar quando falta luz elétrica, entretanto, é preciso conhecer os diferentes tipos de sistema de geração de energia solar e como cada um deles funciona.

17/11/2021 às 12h13 Atualizada em 17/11/2021 às 12h30
Por: Redação
Compartilhe:
Na falta de energia meu sistema solar continua gerando energia
Na falta de energia meu sistema solar continua gerando energia

Quem está pensando em instalar um sistema solar em sua residência ou comércio certamente se depara com inúmeras dúvidas a respeito de como funcionam os dispositivos geradores de energia solar. Uma pergunta comum diz respeito à atividade dos geradores quando falta energia elétrica na rede.

Para entender o que acontece com um sistema solar quando falta luz elétrica, entretanto, é preciso conhecer os diferentes tipos de sistema de geração de energia solar e como cada um deles funciona. Descubra melhor a seguir!

Sistema de energia solar off-grid

Também chamado de isolado, este tipo de sistema solar normalmente é instalado em áreas remotas e sem acesso à rede pública de distribuição. A única fonte de energia elétrica deste tipo de sistema é a que vem dos painéis solares e fica armazenada em um banco de baterias que fornece a energia para o imóvel.

Uma vez que são isolados, esses sistemas não são impactados pela falta de luz elétrica na rede. Por outro lado, sua capacidade de geração e armazenamento elétrico pode ser prejudicada em períodos nublados e chuvosos.

Sistema de energia solar on-grid

O sistema solar on-grid está conectado à rede. Neste caso, em vez de a energia gerada ficar armazenada em baterias, o excedente elétrico é injetado na distribuidora de energia e transformado em créditos de uso. Durante a noite, quando não há geração de energia, este sistema é desligado e o imóvel passa a utilizar a energia vinda da rede de distribuição.

Este é um modelo de sistema solar que depende diretamente da rede pública de energia, deixando de funcionar quando ocorre uma queda no fornecimento. Isso acontece para garantir a segurança dos técnicos responsáveis pelo reparo da rede: caso o sistema continuasse funcionando e injetando energia na rede elétrica, esses profissionais correriam risco de choque elétrico.

Sistema fotovoltaico híbrido

O terceiro modelo de sistema solar é o chamado híbrido, que combina um gerador isolado a uma instalação ligada à rede pública de distribuição. Dessa forma, o sistema funciona tanto em conjunto com a rede elétrica como abastece uma bateria existente no local.

Esta bateria não serve para armazenar a energia excedente do dia, mas funciona como um sistema de “backup” para quando falta luz elétrica na rede. Se há uma queda no abastecimento, a bateria é acionada para suprir as necessidades energéticas do imóvel até que a distribuidora consiga reparar o funcionamento da rede.

Esta é uma solução indicada principalmente para empresas que desejam aproveitar todos os benefícios da energia solar, mas não podem correr o risco de ficar sem abastecimento energético. É o caso, por exemplo, de hospitais que precisam manter os equipamentos em funcionamento e frigoríficos, que podem acabar perdendo todos os seus produtos caso falte energia elétrica.

Sistemas híbridos também podem ser instalados em residências e estabelecimentos de outros tipos e segmentos de atuação, mas é importante sempre avaliar os benefícios associados e identificar se realmente vale a pena investir neste tipo de sistema solar.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários