Sexta, 22 de Outubro de 2021
13°

Céu encoberto

São Paulo - SP

Entretenimento Entretenimento

Britney Spears pede para acelerar fim da tutela do pai para ela poder se casar com Sam Asghari

Jamie Spears já desistiu de ser tutor da filha após anos de campanha #FreeBritney.

23/09/2021 às 16h05 Atualizada em 23/09/2021 às 16h20
Por: Redação Fonte: G1
Compartilhe:
Britney Spears em foto de 2018 no prêmio Glaad Media, em Beverly Hills, California — Foto: Chris Pizzello/Invision/AP, Archivo
Britney Spears em foto de 2018 no prêmio Glaad Media, em Beverly Hills, California — Foto: Chris Pizzello/Invision/AP, Archivo

Britney Spears pediu à justiça dos EUA nesta quarta-feira (22) para adiantar a formalização do fim da tutela do pai. Jamie Spears já desistiu de ser o tutor da filha, mas a audiência sobre o tema aconteceria só em janeiro de 2022. Ela pede para adiantar para o dia 29 de setembro.

Um dos motivos alegados pela Britney Spears em 2021 é que ela a situação da tutela a impediria de assinar um acordo pré-nupcial com seu noivo, o modelo e atleta iraniano Sam Asghari.

Depois de meses de uma campanha pelo fim da tutela da cantora, que já dura 13 anos, Jamie Spears entrou com um pedido na justiça americana em setembro para encerrar o processo.

Em depoimento em junho, a cantora classificou a decisão judicial que permitia que seu pai continuasse no controle sobre sua vida como abusiva, idiota e constrangedora.

Em uma participação de 23 minutos, a estrela disse que foi drogada, forçada a atuar contra sua vontade e impedida de ter filhos.

"Eu só quero minha vida de volta", disse ela, por telefone, ao pedir ao tribunal o fim de sua tutela.

O documentário "Britney vs. Spears", sobre a batalha de Britney Spears para se livrar da tutela mantida pelo pai, ganhou trailer também nesta quarta-feira (22). Assista ao vídeo acima.

Com direção de Erin Lee Carr ("Eu te Amo, agora morra - O caso de Michelle Carter"), o filme estreia na terça-feira (28) na Netflix.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários