16°C 28°C
São Paulo, SP
Publicidade

Bancos Digitais são confiáveis?

A tecnologia está chegando em todos os campos e isso não poderia ser diferente no setor financeiro. Porém uma das perguntas que mais ouvimos todos os dias é sobre se um banco digital é realmente seguro.

17/01/2023 às 10h50 Atualizada em 17/01/2023 às 10h56
Por: Redação
Compartilhe:
Bancos Digitais são confiáveis. Foto: Pexels / cottonbro studio
Bancos Digitais são confiáveis. Foto: Pexels / cottonbro studio

A tecnologia está chegando em todos os campos e isso não poderia ser diferente no setor financeiro. Porém uma das perguntas que mais ouvimos todos os dias é sobre se um banco digital é realmente seguro. É isso que você irá descobrir ao longo deste artigo!

Além de todos os benefícios que um banco digital oferece, como não precisar se dirigir até uma agência para realizar um simples serviço, é muito importante saber que a instituição onde estamos colocando o nosso dinheiro garanta o contrato, mesmo que por ventura viesse a falir.

Continua após a publicidade

Pensando nisso, é que criamos este conteúdo, falando sobre alguns dos detalhes que garantem que um banco digital seja confiável.

Por que as contas digitais continuam crescendo?

Graças a toda a revolução que foi trazida pela tecnologia da informação, já existem mais de 250 milhões de contas digitais abertas em todo o país, sendo que algumas pessoas já possuem mais de 1 conta digital aberta, em vários bancos.

Além do crescimento evidente das fintechs ao longo dos últimos anos, as restrições impostas pela pandemia acabaram mudando o hábito de consumo de boa parte da população, sobretudo quando o foco é em realizar uma boa administração do dinheiro.

Esse grande sucesso que está ocorrendo nas contas digitais é decorrência da facilidade com que se tem no momento para a sua abertura, além da isenção de tarifas bancárias que ainda são cobradas por uma parte das instituições financeiras tradicionais.

Continua após a publicidade

Como funcionam na prática as contas digitais?

As contas digitais têm algumas semelhanças com os bancos tradicionais, sendo que a maior diferença é que todas as operações ocorrem através de seu sistema online. É possível a partir delas realizar uma série de serviços, como os seguintes:

  • Cadastrar contas e pagar faturas do cartão por débito automático;
  • Acompanhar a hora que quiser o seu extrato financeiro;
  • Receber e fazer transferências sem custos;
  • Realizar saques no Banco 24h.

Outro ponto muito importante é que nem todos os bancos digitais contam com os mesmos serviços. Tudo irá depender de cada empresa, pois alguns oferecem cartão com cashback, outros oferecem uma plataforma tanto para investimentos na renda fixa como também na renda variável, além de cadastrar suas faturas no débito automático e evitar de esquecer o pagamento de qualquer conta.

O que define que uma conta digital é segura?

A resposta para definir que uma conta digital seja segura, é analisar se todas as suas transações financeiras estão dentro da política de proteção de dados. Para garantir isso, separamos aqui alguns dos motivos que fazem com que a segurança digital seja garantida.

Seguir as regras do Banco Central

Todas as instituições financeiras, incluindo também os bancos tradicionais, precisam seguir as regulamentações do Banco Central e onde algumas regras precisam ser cumpridas antes de que os seus serviços sejam liberados ao público.

Essa regulamentação acaba garantindo a segurança cibernética e evitará quaisquer problemas no futuro.

Garantir a proteção do usuário

Também é preciso ressaltar que para garantir o armazenamento de dinheiro e dados pessoais, o banco digital precisa oferecer o máximo de proteção ao seu público. Isso vai desde poder desbloquear com o aplicativo com a sua impressão digital, até seguros que acabam reservando e resguardando o patrimônio dos usuários.

Os clientes também gostam quando eles são instruídos a manterem o seu patrimônio a salvo e saberem exatamente quando um banco preza pela segurança de seus usuários.

O que ocorre se o banco digital falir?

Todos os bancos que estiverem integrados ao Fundo Garantidor de Créditos, se por acaso algum deles vier a decretar falência, o Banco Central vai poder bloquear todo o dinheiro da instituição para garantir que o pagamento seja feito aos consumidores.

O FGC garante que o direito voltará para as contas dos usuários no valor de até R$ 250 mil por cada CPF. Portanto, não é bom deixar mais do que esse valor em um único banco, apenas por precaução.

Se encontrar uma empresa que não oferece essa cobertura, não coloque o seu dinheiro para evitar correr qualquer risco.

Lembre-se que a melhor instituição é aquela que pode garantir transparência aos seus investimentos, além de uma boa assistência.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
São Paulo, SP
16°
Tempo nublado

Mín. 16° Máx. 28°

16° Sensação
1.03km/h Vento
92% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h22 Nascer do sol
05h47 Pôr do sol
Seg 28° 18°
Ter 29° 18°
Qua 30° 20°
Qui 27° 19°
Sex 28° 19°
Atualizado às 04h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,20 +0,00%
Euro
R$ 5,55 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 358,353,03 +0,92%
Ibovespa
125,124,30 pts 0.75%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade