16°C 28°C
São Paulo, SP
Publicidade

Descubra as melhores dicas para criar peixes em tanques e aumente sua produção!

Criar peixes é uma prática globalmente difundida, inclusive aqui no Brasil. No entanto, apesar de sua popularidade, existem desafios inerentes a essa atividade que podem afetar o sucesso do negócio.

10/11/2023 às 12h19 Atualizada em 10/11/2023 às 12h22
Por: Redação
Compartilhe:
Descubra as melhores dicas para criar peixes em tanques e aumente sua produção. Foto: Canva
Descubra as melhores dicas para criar peixes em tanques e aumente sua produção. Foto: Canva

Criar peixes é uma prática globalmente difundida, inclusive aqui no Brasil. No entanto, apesar de sua popularidade, existem desafios inerentes a essa atividade que podem afetar o sucesso do negócio.

Por exemplo, se não houver um controle adequado dos níveis de oxigênio, pH e temperatura, isso pode causar problemas de saúde nos peixes, o que, por sua vez, levará a uma produção mais baixa.

Continua após a publicidade

Outro dilema que os piscicultores encaram é a seleção apropriada das espécies de peixes a serem criadas.

Cada espécie possui necessidades específicas em termos de alimentação, temperatura e espaço, e é crucial escolher aquelas que se ajustam melhor ao ambiente do tanque.

Portanto, para garantir o sucesso na criação de peixes, é fundamental prestar atenção a alguns cuidados gerais.

Nos próximos parágrafos, vamos nos aprofundar um pouco mais nesses detalhes e dar algumas dicas para te ajudar a criar peixes da maneira certa e aumentar a sua produção.

Continua após a publicidade

Fique atento e aproveite todas as informações que preparamos para você!

Considerações importantes para criar peixes em tanques

Conforme um artigo do Guia Animal explica, criar peixes em tanques pode ter diferentes propósitos, seja para atender à demanda comercial ou simplesmente para fins ornamentais, dependendo das preferências de cada criador.

A diferença está, principalmente, entre o tamanho do espaço necessário para garantir o conforto dos peixes nos tanques.

Normalmente, as espécies criadas para fins comerciais são mais robustas em termos de tamanho, comprimento e peso, em comparação com aquelas mantidas em aquários.

Portanto, ao preparar um tanque para a criação de peixes, diversos detalhes precisam ser levados em consideração, como:

  • A profundidade do tanque;
  • A compatibilidade da espécie com outras espécies;
  • A capacidade da espécie de resistir às condições climáticas locais;
  • Entre outros aspectos.

Se você está pensando em iniciar a criação de peixes em tanques, nós reunimos algumas dicas para ajudá-lo a começar da melhor forma possível. Confira!

1. Construção dos tanques

Para garantir que sua criação seja um sucesso, é crucial escolher os lugares certos para construir os tanques. Eles precisam ter uma boa drenagem e proteção contra predadores.

Quanto ao tamanho e profundidade dos tanques, isso depende da espécie de peixe que você planeja criar.

Por exemplo, se estiver pensando em criar tilápias, o recomendado é ter um tanque com pelo menos 1 metro de profundidade. Por outro lado, para carpas, o ideal é um tanque com 2 metros de profundidade.

2. Como escolher as espécies certas ao criar peixes

Existem diversas espécies de peixes que podem ser criadas em tanques, mas a escolha da espécie certa depende de vários fatores.

É preciso levar em conta o clima da região, a disponibilidade de alimento e a demanda do mercado.

Por exemplo, se você vive em uma região de clima quente, a tilápia é uma excelente opção, pois é resistente e tem uma reprodução rápida. No entanto, se estiver em uma região mais fria, a truta se adapta melhor.

Além disso, é fundamental escolher o tipo de tanque mais adequado para cada espécie. Para a criação de tilápias, tanques de alvenaria ou plástico são os mais sugeridos, enquanto as carpas se dão bem em tanques de fibra ou chapa galvanizada.

3. Controle sanitário

Manter a saúde dos peixes é fundamental e exige um controle sanitário preciso. Isso envolve a constante avaliação da qualidade da água, o controle da temperatura e a garantia de uma alimentação adequada.

No mercado, existem técnicas avançadas para otimizar o cuidado ao criar peixes, como o uso de filtros biológicos e a aplicação de produtos químicos específicos.

No entanto, é crucial buscar a orientação de um especialista para implementar essas técnicas de maneira eficaz.

4. Infraestrutura do tanque

Os tanques para criação de peixes podem ser feitos de diferentes materiais, como alvenaria, plástico, fibra de vidro, chapa galvanizada ou até mesmo escavados no solo.

A escolha do material depende das suas necessidades e orçamento.

Ao determinar o tamanho do tanque, é crucial levar em consideração a quantidade de peixes por metro quadrado. No entanto, esse número pode variar dependendo da espécie de peixe e do tempo necessário de oxigenação.

Por exemplo, para criar tilápias com conforto, é aconselhável manter cerca de 10 peixes por metro quadrado. Para carpas, você pode reduzir essa densidade para aproximadamente 5 peixes por metro quadrado.

Também é fundamental ajustar o tamanho do tanque às exigências específicas de cada tipo de peixe, oferecendo espaço suficiente para que eles cresçam de maneira saudável.

E não se esqueça da importância de utilizar uma lona para tanque de peixe apropriada para revestir o tanque.

A lona é essencial para evitar vazamentos e a perda de água, além de manter a qualidade da água ao impedir a contaminação por agentes externos.

Por exemplo, o material impede que substâncias tóxicas do solo, como pesticidas ou fertilizantes, se infiltrem no tanque, garantindo um ambiente saudável para os peixes e aumentando a eficiência da produção.

Portanto, não subestime o papel crucial da lona na criação de peixes.

Conclusão

Desde a seleção do tipo de peixe até a manutenção adequada do tanque, oferecemos um guia prático para ajudá-lo a alcançar o sucesso, quer você seja um iniciante ou já tenha alguma experiência no assunto.

Nossas orientações visam ajudá-lo a evitar os erros comuns e a otimizar a produtividade do seu cardume.

Além disso, compartilhamos informações valiosas sobre alimentação, controle de qualidade da água e cuidados gerais com os peixes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
São Paulo, SP
16°
Tempo nublado

Mín. 16° Máx. 28°

16° Sensação
1.03km/h Vento
92% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h22 Nascer do sol
05h47 Pôr do sol
Seg 28° 18°
Ter 29° 18°
Qua 30° 20°
Qui 27° 19°
Sex 28° 19°
Atualizado às 04h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,20 +0,00%
Euro
R$ 5,55 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 359,445,69 +1,23%
Ibovespa
125,124,30 pts 0.75%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade