16°C 28°C
São Paulo, SP
Publicidade

Cistite x Hepatite: definição, diagnóstico, prevenção

cistite infecciosa é a mais comum, em todas as etapas da vida de uma mulher. Aqui estão algumas dicas para prevenir ou reduzir a probabilidade de ela acontecer.

18/08/2022 às 20h15 Atualizada em 18/08/2022 às 20h18
Por: Redação
Compartilhe:
Cistite x Hepatite: definição, diagnóstico, prevenção. Foto: Pexels / Karolina Grabowska
Cistite x Hepatite: definição, diagnóstico, prevenção. Foto: Pexels / Karolina Grabowska

Você já sentiu estes sintomas: queimadura ou dor para urinar, necessidade constante de urinar, ou em pequenas quantidades; urina turva e com cheiro forte? Ou até uma leve dor e sensação de pressão pélvica? Se você respondeu sim a vários desses sintomas, é provável que você tenha tido cistite.

Ao mesmo tempo, vamos falar outra -ite: saiba que nem todos que têm olhos amarelos têm hepatite, e nem todos que têm essa infecção sabem disso, pois em muitos casos ela pode ser assintomática! Hoje também vamos esclarecer as perguntas mais comuns sobre essa doença.

Continua após a publicidade

Cistite: o que é

A cistite é uma inflamação da bexiga (órgão responsável pela retenção e expulsão da urina). Na maioria das vezes, ela é causada por uma infecção bacteriana da urina. Essa infecção causa inflamação das paredes da bexiga, o que resulta nos sintomas acima. 

O que fazer quando alguns desses sintomas ocorrem?

É recomendável que você consulte seu médico para que, juntos, vocês possam identificar o tipo de cistite que você tem e fornecer o tratamento apropriado.

Como prevenir a cistite?

A cistite infecciosa é a mais comum, em todas as etapas da vida de uma mulher. Aqui estão algumas dicas para prevenir ou reduzir a probabilidade de ela acontecer:

  1. Beba muitos líquidos, principalmente água. Também é muito importante se você estiver em quimioterapia ou radioterapia, especialmente durante os dias de tratamento.
  2. Urinação frequente. Vá ao banheiro com a frequência necessária e não segure sua urina por muito tempo.
  3. Limpar da frente para trás após defecar. Isto evita que as bactérias da região anal se espalhem para a vagina e uretra.
  4. Lavar suavemente a pele ao redor da vagina e do ânus durante os banhos diários. Não usar sabonetes duros. A pele delicada ao redor dessas áreas pode ficar irritada.
  5. Esvazie sua bexiga antes e depois do sexo, é o que recomendam os estudos de sexologia moderna. Beba um copo cheio de água para ajudar a expelir as bactérias.
  6. Evite usar produtos como sabonetes íntimos na área genital. Estes produtos podem irritar a uretra e a bexiga. 

Você já sabe o que é a cistite e como identificar alguns dos sintomas. Mantenha as recomendações em mente e sempre faça com que seja uma prioridade ir ao banheiro quando sentir necessidade.

Continua após a publicidade

Hepatite: o que é

A hepatite é uma infecção que causa inflamação do fígado. A inflamação é causada por cinco vírus principais: A, B, C, D e E. Entretanto, outras causas menos comuns são intoxicações ou doenças autoimunes.

Transmissão

A doença pode ocorrer espontaneamente ou pode evoluir para uma infecção crônica levando à cirrose ou mesmo ao câncer de fígado.

As hepatites A e E estão relacionadas à ingestão de alimentos ou água contaminados, enquanto as hepatites B, C e D são causadas pelo contato com fluidos corporais contaminados como sangue, sêmen ou outros fluidos corporais, e também podem ser causadas pelo compartilhamento de produtos de higiene oral, fazer sexo sem usar preservativo, de mãe para filho ao nascer e pela realização de procedimentos com risco de sangramento, como tatuagens e manicures.

O vírus da hepatite D só é adquirido em caso de infecção prévia pela hepatite B.

A hepatite é mais comum do que você pensa! A doença de etiologia viral é responsável por cerca de 1,3 milhões de mortes por ano e 390 milhões de infecções crônicas.

Sintomas

Preste atenção! A infecção por hepatite tem um perfil de sintomas muito amplo, apresentando febre, icterícia (amarelamento da pele, dos olhos ou das mucosas), dor abdominal e sintomas gastrointestinais como náuseas, vômitos, mudança na cor das fezes e urina escura.

Como é diagnosticada?

O médico deve realizar uma avaliação abrangente em que os sintomas descritos acima são identificados, junto com o exame físico, podem ser determinados diagnósticos diferenciais. Cada vírus tem exames de sangue paraclínicos específicos para cada diagnóstico.

É tratável?

A infecção por hepatite A não tem um tratamento específico, como é o caso da hepatite E. Entretanto, com medidas gerais de cuidado, a infecção pode ser superada e a cura pode ser alcançada através da construção de defesas para o futuro.

As infecções por hepatite B e C podem ser tratadas e devem ser tomadas medidas precoces para identificar o estágio de infecção do paciente. Com base no estágio, a próxima etapa será determinada.

Medidas de prevenção

É possível prevenir a hepatite? É claro que sim.

Com relação à hepatite B, C e D, os métodos de transmissão são muito importantes, portanto as medidas se concentram no uso de barreiras protetoras para as relações sexuais, ou seja, de camisinhas, ainda que seu uso possa diminuir a sensibilidade na glande. Além disso, há o uso de equipamento de proteção pessoal ao realizar procedimentos e um plano de vacinação atualizado para pessoas com alto risco de exposição, tais como trabalhadores da saúde.

No caso de A e E, é importante lavar as mãos antes e depois de comer, beber água limpa e limpar e cozinhar adequadamente os alimentos. Está saindo de férias? Finalmente, é recomendável ter sua programação de vacinação em ordem ao viajar para regiões de alta prevalência.

A hepatite é uma infecção que pode ser prevenida e controlada com bons hábitos e através da implementação de medidas de segurança. O mais importante é seguir as recomendações de especialistas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
São Paulo, SP
16°
Tempo nublado

Mín. 16° Máx. 28°

16° Sensação
1.03km/h Vento
92% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h22 Nascer do sol
05h47 Pôr do sol
Seg 28° 18°
Ter 29° 18°
Qua 30° 20°
Qui 27° 19°
Sex 28° 19°
Atualizado às 04h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,20 +0,00%
Euro
R$ 5,55 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 358,383,42 +0,93%
Ibovespa
125,124,30 pts 0.75%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade